Home » New » Por que cada peça seminova de veículos se transforma em “peça verde”?

Por que cada peça seminova de veículos se transforma em “peça verde”?

Quando se fala sobre a emissão de CO2 dos escapamentos de veículos na atmosfera, pouca gente se dá conta que a fabricação do veículo em si já representa um problema ao meio ambiente.

Recentemente, associação canadense calculou que a produção de todas as peças de um motor de carro emite aproximadamente 270Kg de CO2 na atmosfera, praticamente o peso do próprio motor.

Por isso, já existem campanhas educativas no Canadá, incentivando o uso de peças seminovas, ou “peças verdes”, como estão sendo chamadas as peças seminovas de carros e caminhões.

E a JR Diesel, como líder nacional e maior distribuidora de peças seminovas do Brasil também está engajada nesta campanha.

Entre as vantagens de preço reduzido para o comprador e a possibilidade de encontrar virtualmente todos os tipos de peças para todos os tipos de caminhões nacionais no mesmo lugar, o meio ambiente ganha cada vez que você compra uma peça seminova.

Com a lei federal 12.977 e a estadual 15.276 (de São Paulo), ambas de 2014, foram criados uma série de controles, que ajudam a coibir roubos, dar garantias de procedência, além da possibilidade de rastreamento de cada peça com um selo holográfico fornecido pelo Detran de cada estado.

A JR Diesel já pratica as exigências do desmonte de peças com cuidado ao meio ambiente muito antes da lei existir.

Quando um veículo em fim de vida (VFV) é desmontado, dentro do processo adequado, todos os fluídos e gases contaminantes são removidos e armazenados com segurança para uma posterior destinação, evitando vazamentos e a contaminação do meio ambiente.

Participe desta campanha pelo meio ambiente, compre peças seminovas da JR Diesel e ajude a reduzir as emissões de CO2 na atmosfera.